Telefone da CiaByte
Fixo
WhatsApp
11
11
3042.3036
946.432.520
Tim
Oi
11
11
984.076.767
946.432.520
Vivo
Claro
11
11
972.801.072
988.049.999
Voltar ao Topo
Mais Informações

Método de Ensino de Informática e Computação Gráfica

Método Eberlin© - Registrado no Ministério da Cultura 100.602

O Método Eberlin©, método interativo sempre atualizado conforme a demanda dos alunos e novidades do mercado, é utilizado pela CiaByte desde 1988.

Método de Ensino de Informática e Computação Gráfica

O que dizem os alunos que estudaram pelo Método Eberlin©

Método Eberlin é bom e funciona!

Thayse, 20, Estudante Universitária - Bento Gonçalves - RS
"O Sistema de Ensino (método de ensino) - Método Eberlin, é inovador, interativo, tem me surpreendido e vem mudando meu conceito de EaD.
Não tenho críticas para este curso, acredito que ele está muito bem elaborado, utiliza uma didática de fácil compreensão e métodos realmente inovadores para interagir com o aluno. Parabéns!"

Luis Fernando, 20, Técnico - Itapecuru Mirim - MA
"O sistema de ensino (método de ensino) é genial, bastante explicativo e prático."

Jorge Luis, 35, Cirurgião-Dentista - RS
"É o primeiro curso no sistema EaD que realizo, e digo que fiquei surpreso positivamente com a metodologia (método de ensino), onde se encontra interatividade aluno professor constante, além de um material virtual altamente explicativo e de fácil compreensão."

Elpidio, 18, Ensino Médio Completo - Salvador - BA
"O curso profissionalizante de informática com secretariado da CiaByte mudou completamente minha experiência em cursos a distância, pois foi de extrema importância para o meu conhecimento. O Método de Ensino, se não for o melhor, é um dos melhores."

O que diz o pai do Método Eberlin©

Método de Ensino ideal para cursos a distância, e para cursos presenciais, promovendo competência e desenvolvendo habilidades.
Prof. Fernão Eberlin fala sobre o Método Eberlin© aplicado por EaD - Educação a Distância.

Licenciamento do método para empreendedores

As informações a seguir são destinadas a empreendedores com interesse na obtenção de
Licença do Método em seus estabelecimentos (cursos, escolas, empresas)

Método de Ensino de Informática

Antes de investir, veja considerações feitas pelo Prof. Fernão Eberlin a respeito...

Método de Ensino de Informática e Computação Gráfica - Método Eberlin

"Com tanta concorrência, tantos métodos de ensino de informática oferecidos pela Internet, tantos cursos sendo vendidos como se fossem baciadas de frutas na feira (me desculpem, mas é o que imagino quando vejo compre um curso e faça 10 cursos) e, claro, com o maior respeito pelos demais que priorizam o aluno e a educação, decidi escrever essa página no intuito de demonstrar o cuidado que meus colaboradores e eu dedicamos ao nosso método de ensino, e aos nossos alunos."


O Princípio P.O.R.Q.U.E. ©

Para nortear nosso Método de Ensino de Informática, criamos uma linha de pensamento e, coincidentemente, acabou por gerar uma sigla. Conheça...
O Princípio PORQUE© norteia o trabalho dos nossos licenciados e colaboradores.

PÚBLICO
Quem procura por um Curso de Informática não sabe usar um computador, nunca fez curso, ou não aprendeu o básico como deveria: é o nosso Público Alvo. Os demais procuram faculdades, escolas técnicas, ou algum tipo de consultoria.

ORIENTAÇÃO
Numa entrevista mais atenta (atendimento), percebemos que quem nos procura para um "curso avançado" não recebeu Orientação Profissional.
Uma formação básica de qualidade capacita o aluno a explorar os softwares sem a necessidade de retornar à escola. Como numa autoescola, onde não retornamos a cada novo recurso incrementado nos automóveis.

RAZÃO
Horário livre e aprendizado no próprio ritmo são indícios de respeito ao indivíduo. Afinal, "o Cliente sempre tem razão". Liberdade ao aluno para decidir sobre conteúdo programático, ou plano distributivo, pode ser sintoma de "incompetência didática". Na escola, o professor deve ter Razão, e se não tiver, é provável que não saiba o que está fazendo...

QUALIDADE
Quantidade de cursos não significa Qualidade de Aprendizado, tampouco é vantagem profissional. Qualquer empregador distingue Quem Sabe, daqueles que têm coleção de certificados de baixa qualidade.

UNIDADE
"Pague pelo Word e Excel e ganhe grátis o Autocad". Burrice publicitária! Até podemos ter interesse nesses mesmos softwares, porém, são softwares de áreas bem distintas. Unidade nas Ofertas é coisa de quem sabe do que está falando, enquanto a falta dela pode ser indício de enganação.

ESSENCIALIDADE
Recursos muito específicos dos softwares são usados de acordo com a profissão do indivíduo e, na maior parte das vezes, na futura profissão. Portanto, não fazem parte (os muito específicos) do Conteúdo Essencial, principal foco de um Curso de Informática. Para saber dirigir, você não precisa aprender a desmontar o motor, mas regular um retrovisor é essencial.

Se você procura um Sistema de Ensino para o seu Curso de Computação, Escola de Informática, Escola Regular, Faculdade ou Empresa, ou, ainda, se procura estudar numa escola consciente, e compartilha conosco desse PRINCÍPIO PORQUE ©, receba nossas boas-vindas!

Licenciamento do Método Eberlin©

Instrutor Licenciado do Método Eberlin

Se você pensa em ter uma Franquia de Escola de Informática, ou Franquia de Escola de Computação, considere utilizar o nosso Método de Ensino na sua Escola, com a sua Marca.
O licenciamento difere das franquias por ser menos custoso e permitir maior liberdade para o licenciado (diferente de franqueado).
Ideal para quem não pertence a nenhuma franquia e quer manter a identidade:

  • Escolas regulares - Ensino Fundamental e Ensino Médio
  • Faculdades
  • Escolas de cursos profissionalizantes (sujeito a aprovação)
  • Profissionais autônomos - aulas individuais (aulas particulares)


Passos para o Licenciamento*

O processo de Licenciamento do Método de Ensino de Informática - Método Eberlin© é muto simples (com menos etapas que uma franquia de curso de informática, por exemplo) e deve seguir as etapas:

  1. Inscrição do interessado (se empresa, cadastro da pessoa física responsável) em um dos cursos disponibilizados pela CiaByte.
  2. Avaliação do método pelo interessado (será guiado pelo nosso suporte online). Se positiva, prossegue com o Curso Preparatório de Instrutor.
  3. Avaliação mútua: as partes se avaliam mutuamente e decidem se pretendem ou não dar prosseguimento.
  4. Apresentação de contrato de licença do Método de Ensino de Informática - Método Eberlin© e cadastro completo do interessado.
  5. Assinatura de Contrato.

 * Interessados poderão entrar em contato com um consultor pelo telefone: (11) 3042.3036

Método de Ensino de Informática - Histórico
Método Eberlin© por Fernão Eberlin

Metodologia > Método > Sistema - Definições

O Método Eberlin© surgiu com base nas minhas experiências buscando um método eficiente para ensino de informática, inicialmente, como professor da Escola Suíço-Brasileira de São Paulo. Na ocasião, como professor efetivo de matemática e física do ensino médio, fui incumbido de organizar cursos de informática para a escola. Não havia nenhum método de ensino de informática a ser aplicado. Apenas uma única apostila em alemão, escrita por professores da Suíça.
Posteriormente, a aplicação do método se estendeu aos cursos de Design, Gráfico e Web.

Adiante, os principais passos percorridos até chegar a um Método de Ensino, de fato.
Obs.: antes de dedicar seu tempo para conhecer nosso Método de Ensino, o Método Eberlin©, e o Sistema de Ensino Eberlin©, certifique-se sobre a diferença de significados entre Metodologia, Método e Sistema.

Segundo o Dicionário Aurélio:

método
[Do gr. méthodos, 'caminho para chegar a um fim'.]
Substantivo masculino.
1.Caminho pelo qual se atinge um objetivo.
2.Programa que regula previamente uma série de operações que se devem realizar, apontando erros evitáveis, em vista de um resultado determinado.
3.Processo ou técnica de ensino: método direto

metodologia
[De método + -logia.]
Substantivo feminino.
1.A arte de dirigir o espírito na investigação da verdade.
2.Filos. Estudo dos métodos e, especialmente, dos métodos das ciências:
metodologia das ciências naturais. [Cf., nesta acepç., epistemologia e teoria do conhecimento.]

sistema
[Do gr. sWstema, 'reunião', 'grupo', pelo lat. tard. systema.]
Substantivo masculino.
...
4.Conjunto de instituições (entenda instituições como regras) políticas ou sociais, e dos métodos por elas adotados, encarados quer do ponto de vista teórico, quer do de sua aplicação prática: sistema parlamentar; sistema de ensino.
...
7.Conjunto ordenado de meios de ação ou de ideias, tendente a um resultado; plano, método: sistema de vida; sistema de trabalho; sistema de defesa.
8.Técnica ou método empregado para um fim precípuo: sistema Taylor (de Frederick W. Taylor - 1856-1915); sistema Braille (de Louis Braille - 1809-1852).
...
9.Modo, maneira, forma, jeito: Adotou um novo sistema de pentear os cabelos.
10.Complexo de regras ou normas: um sistema de futebol; um sistema de corte e costura.
...

De um modo resumido...
baseado na metodologia (estudo dos métodos), chegamos a um método eficaz (técnica de ensino) à qual denominamos Método Eberlin© e licenciamos o método a terceiros, mediante regras de aplicação: portanto, licenciamos um Sistema de Ensino, o qual denominamos Sistema de Ensino Eberlin©.

METODOLOGIA - Estudo dos Métodos

A seguir, um resumo do caminho percorrido até chegarmos ao Método Eberlin©.

Método de Ensino de Informática - Teoria Seguida de Prática

1. Método Teoria Seguida de Prática

Inicialmente, o Método de Ensino dentro dos moldes da educação tradicional: aulas teóricas seguidas de aulas práticas no laboratório de informática. Para que tivesse um critério de avaliação e posteriores comparações entre os métodos, denominei esse Método de Ensino, de "Teoria Seguida de Prática".


Principais Vantagens do Método Teoria Seguida de Prática

Para o aluno, nenhuma...


Principais Desvantagens do Método Teoria Seguida de Prática

Método de Ensino de Informática - Método Teórico-Prático - aula no laboratório

Para dar uma ideia do que é uma aula teórica de Windows, com esse Método de Ensino, imagine uma aula teórica de direção de automóvel, onde o professor tenta explicar como colocar a ré em um carro... São horas jogadas fora que o aluno/consumidor mal informado "compra" como vantagem!

E essa história de que um Método de Ensino com dois alunos por computador é bom, porque um ajuda ao outro, é "conversa fiada"... Imagine duas pessoas dividindo o volante de um carro, na autoescola...


Parecer Sobre o Método Teoria Seguida de Prática

Para o empreendedor esse Método de Ensino proporciona um excelente resultado financeiro a curto prazo. Perigoso, a longo prazo, devido à baixa produtividade de ensino, e às dificuldades de aprendizado enfrentadas pelos alunos.

2. Método Teórico-Prático

Método de Ensino de Informática - Método Teórico-Prático

Na sequência, tentando reduzir as desvantagens para o aluno, passei a um outro Método de Ensino possível, ministrando as aulas diretamente no laboratório. Afinal, a Escola Suíça foca a Educação dos alunos e não visa lucros. Qualidade na educação acima de tudo.
Esse método ensino consiste em aplicar aulas expositivas com os alunos de frente ao computador (tudo no mesmo local – sala de aula) e o denominei de "Teórico-Prático".


Principais Vantagens do Método Teórico-Prático

Observe que o resultado para a educação do aluno é um pouco melhor...


Principais Desvantagens do Método Teórico-Prático

Do ponto de vista da lucratividade da escola, só seria vantajoso no caso de se alocar 2 ou mais alunos por micro.


Parecer Sobre o Método Teórico-Prático

Para os alunos e para o professor esse Método de Ensino de Informática não se revela bom. É muito difícil para o professor controlar a turma e fazer com que os alunos prestem atenção nas explicações. Isso não se deve a alunos "baderneiros", mas à peculiaridade do computador. Nas aulas de informática, cada um se distrai fazendo e prolongando um exercício prático, e acaba perdendo partes da explicação seguinte. Assim, o rendimento das aulas é muito pequeno, necessitando de muitas horas para se aprender muito pouco.
Método de Ensino de Informática com baixa produtividade no aprendizado, desinteressante para os alunos "mais rápidos".

3. Outras tentativas que não ousei chamar de "método de ensino"

Enquanto trabalhava com o Método de Ensino Teórico-Prático, fazia algumas experiências, como as seguintes.

Obs.: não dá para considerar como "métodos de ensino" de informática. NO MÁXIMO, ferramentas complementares.


Passo-a-passo

Uma apostila (ou apresentação digital) com instruções passo-a-passo para o aluno atingir determinados objetivos
Em termos de educação é absolutamente ineficiente. O aluno fica preso à "cola" e quando o software é atualizado o aluno não consegue "se virar", pois ele não aprendeu! Pró-atividade desse pseudo "Método de Ensino": ZERO...


Aulas Narradas

Uma tentativa de atingir o público que não gosta de ler e/ou reforçar o entendimento em geral. Mostrou-se tedioso para o aluno, não se mostrando eficiente, como "Método de Ensino de Informática". Fica parecido com o tempo em que a "educação" era dada por aqueles professores chatos que faziam monólogos durante as aulas...
Em termos de educação, prefiro pensar em tornar a leitura mais agradável para o aluno...


Vídeoaulas

Apesar de ter um apelo visual, após 3 ou 4 minutos de filme o aluno tem sono e passa a não aproveitar mais nada. Além disso, caso o aluno realmente faça os exercícios propostos, fica muito parecido com o Método de Ensino "Teoria Seguida de Prática", onde as aulas práticas e teóricas são feitas separadamente.
Subaproveitamento das potencialidades do computador.

4. Método Multimídia

Decidindo empreender no ensino de informática, abri mão do cargo de professor efetivo na Escola Suíça. No entanto, por mais três anos, atendi a Escola Suíça na qualidade de profissional autônomo estabelecido.

Agora em um ambiente bem mais rude que a Escola Suíça, além de extremamente competitivo, tinha como desafio ensinar e, ao mesmo tempo, lucrar, vez que aluguel, impostos, equipamentos, instrutores, etc., tinham que ser pagos...
Um Método de Ensino de Informática eficiente era fundamental para o sucesso do empreendimento.

Lancei um curso de Digitação, como uma forma popular de introduzir a informática aos alunos iniciantes, agora com origens e conhecimentos mais diversificados e nem sempre tão bem preparados quanto os alunos da Escola Suíça. Esse curso era feito através de um programa que desenvolvi em Basic, inicialmente, para computadores MSX (hoje, você dispõe do Curso de Digitação em uma versão atualizada, online e GRÁTIS).

Foi observando a evolução dos alunos de digitação, cada um num ritmo próprio, que incentivou a adoção de sistemas autoinstrucionais. Aqui os nomes se confundem, e-learning, Computer Based Training, famoso CBT, Método Interativo, Método Multimídia... Não importa o nome do método, já existiam alguns produtos no mercado nessas linhas e foi relativamente rápido para testar. Preferi chamar de "Método Multimídia". Afinal, Método Interativo, praticamente, todos são de alguma forma, pois o aluno acaba interagindo, mais ou menos, com o computador...


Principais Vantagens do Método Multimídia

Note que esse Método de Ensino, para o empreendedor, é muito mais interessante.


Principais Desvantagens do Método Multimídia

Porém, o aluno ainda não foi priorizado com esse método...


Parecer Sobre o Método Multimídia

Considero os cursos com método multimídia ideais para quem já conhece o assunto e deseja se aprofundar. Nesse contexto, existem bons e maus cursos, cabendo ao aluno escolher, como escolheria um livro numa livraria...
Porém, no caso de alunos iniciantes (nosso público alvo), o método resulta em baixíssimo índice de aprendizado, tendo em vista a falsa sensação de que está aprendendo, devido à condução passo-a-passo, quase sempre, unidirecional.
Em outras palavras, o aluno sai "satisfeito" com a escola e volta insatisfeito poucos dias depois, quando "cai na real". A solução seria acrescentar exercícios práticos, retornando, mais uma vez, ao sistema de educação tradicional, teoria seguida de prática.

5. Método Eberlin©

Método de Ensino de Informática - Método Eberlin

O Método Eberlin© de Ensino de Computação para Iniciantes se inicia em 1988 com os cursos de Digitação e MSX-Word, software para edição de textos nos computadores padrão-MSX.

O Método Eberlin© foi registrado, em 1996, no Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Nacional, no Ministério da Cultura, sob o número 100.602. Em seu primeiro texto registrado (periodicamente são feitas averbações) constam detalhes que caracterizam o método em si e, para melhor compreensão, apresentamos aqui parte do texto ao qual nos referimos (página 6 do registro):

NO QUE CONSISTE O MÉTODO Eberlin© DE ENSINO DE COMPUTAÇÃO PARA INICIANTES
"...
o método é basicamente autoinstrucional, com uma diferença fundamental dos programas tutoriais encontrados no mercado: o aluno aprende a usar um software qualquer, usando o próprio software, não um clone ou um que o emule. Dessa forma o aluno tem total liberdade de "navegar" pelo programa

..."

Dentro desse princípio, o método atravessou grandes desafios, como, por exemplo, o curso de DOS dentro da diretriz proposta. Hoje, o Método Eberlin© é utilizado no ensino de diversos softwares, como Word, Excel, PowerPoint, Photoshop, CorelDRAW, InDesign, Dreamweaver, Flash, entre outros.

Outros recursos de multimídia, como Vídeo Aulas, Aulas Narradas ou Tutoriais (como chamamos as apostilas passo-a-passo), são utilizados COMO APOIO e não como o "método" em si. Por exemplo, as vídeo aulas são de curta duração, em geral para apresentar a matéria que vai ser aprendida dentro do software em estudo.

Finalmente, o Método Eberlin© consiste no aprendizado baseado no computador, em outras palavras, o computador é o "professor", com benefícios tanto para os alunos, como para o empreendedor, constituindo-se como uma inovação nesse segmento de educação, além de ser uma excelente referência na aplicação (ao extremo) da Informática Educativa.

15 Motivos para você utilizar nosso Método de Ensino

Método Eberlin©, bom para o empreendedor e bom para o aluno

Licenciamento do Método Eberlin
  • Durante a teoria o aluno usa o micro, adquirindo HABILIDADE no manuseio dos softwares.
  • Teoria apresentada numa sequência didática (diferente da Ajuda dos softwares), em DOSES HOMEOPÁTICAS, intercaladas com exercícios dentro do ambiente de estudo (Windows, Word, Excel, Photoshop, etc.). O aluno, mesmo não habituado à leitura, NÃO CANSA.
  • Alta produtividade de aprendizado: significa aprender mais em menos tempo. Alunos não aceitam "enrolação".
  • O aluno aprende de acordo com sua capacidade de assimilação, no próprio ritmo, sem constrangimentos perante professor e/ou colegas.
  • Não há perda de matéria no caso de faltas (mesmo que a escola não reponha aulas), pois o aluno retoma os estudos de onde parou.
  • Horário flexível, podendo ser alterado de acordo com acertos entre escola e aluno.
  • A hora de aula é mais bem aproveitada: não tem bate-papo antes de começar, piadas, o professor não enrola.
  • O início das aulas é imediato, e o aluno não tem que ficar esperando a formação de turmas.
  • Baixo investimento em softwares tendo em vista que, enquanto um aluno aprende Word, por exemplo, outro pode estar aprendendo CorelDRAW, em outro computador.
  • Início imediato significa matrícula imediata, e dinheiro imediato no caixa.
  • Mão de obra de baixo custo, pois o instrutor não precisa ser um expert em didática, ou orador. Lembrando que são as principais exigências quando se contrata professores para o ensino tradicional.
  • Baixo custo operacional: computadores são mão de obra barata.
  • Não se usa mais material impresso. Na era do Livro Digital, pega mal. Bom para todo mundo, e para a mãe natureza!
  • O boca a boca é constante. O aluno satisfeito traz novos alunos, hoje e no futuro, irmãos, primos, filhos, ...
  • Os mais de 28 anos de experiência dão mais credibilidade e autoridade ao método.

Início da página